Correr sua primeira prova de 5km significa adquirir seu passaporte para viajar pelo mundo das corridas, cheio de endorfina e adrenalina.

Com um mês de treinos é possível participar com sucesso de uma corrida de 5km. “Sucesso” significa cruzar a linha de chegada, nem que seja necessário trotar ou caminhar em alguns momentos. O objetivo é vivenciar o clima festivo de uma prova e pendurar no peito sua primeira medalha.

A providência inicial é obter um aval médico, para ter a garantia de que a atividade será benéfica à sua saúde. Durante os treinos, tenha em mente que o esforço físico deve ser confortável. O exagero nessas primeiras atividades pode não ser absorvido pelo seu corpo, o que talvez acarrete lesões e desmotivação.

Os treinos devem se basear em volume (sem ultrapassar o limite do corredor) e tiros. Progressivamente, o desempenho desse iniciante vai melhorar, o que lhe propiciará mais conforto. Aquecimento e alongamento também têm papel importante, porque acrescentarão consciência corporal, melhor execução de movimentos e redução do gasto energético.

No dia da prova, é fundamental dosar as energias no início. Caso você force o ritmo nos quilômetros iniciais, poderá sentir falta de gás para concluir a prova de maneira mais saudável. A primeira experiência deve deixar boa sensação. Arrastar-se no último quilômetro representará uma lembrança ruim que pode afastar esse calouro de novos desafios.

Aos poucos, você vai aprender a dominar alguns macetes. Chegar ao local da corrida com meia hora de antecedência, para fazer um aquecimento correto, é altamente indicado. Trate de dormir bem as noites que antecedem a prova e é saudável evitar bebidas alcoólicas três ou quatro dias antes da corrida.

Não é necessário nenhum material altamente sofisticado para acompanhá-lo em suas primeiras aventuras. Bastam um par de tênis já rodado em seus treinos e roupas confortáveis. Proteja-se do sol com filtro solar e um boné. E não se esqueça de se divertir: a finalidade não é competir, não se importe com as ultrapassagens que sofrerá.

10k. E agora, que tal os 10k?. Superado o desafio dos 5k, surge naturalmente à sua frente o dos 10k. Para encará-lo, é importante que o corredor seja assíduo aos treinos, não um mero atleta de fim de semana.

Antes de abraçar essa meta, existe um pré-requisito: você deve estar correndo os 5k sem dificuldades. A experiência em corridas menores é o esteio para objetivos mais ambiciosos.

Treinos leves são suficientes para provas de 5k, mas, quando se dobra a distância, requer-se

empenho maior nos treinos. Surge a imperatividade de se fazer ao menos três treinos por semana. O normal é alterar treinos de tiros, os de velocidade, com os contínuos e longos.

Os treinos longos vão ajudá-lo a conhecer seu ritmo. Respeitá-lo é fundamental. Não pule etapas. Permita-se uma evolução contínua e gradual. Atropelar esse desenvolvimento natural pode fazer de você um atleta de uma prova só. Correr distâncias maiores sem o suficiente preparo pode lhe cobrar um alto preço, o de lesões que podem consumir meses de recuperação. Municie-se de boas informações e da ajuda de profissionais capacitados para poder ser um corredor para sempre.